Google+ Followers

quarta-feira, 30 de novembro de 2016



Pedacinhos de Ti

Tudo me leva para o mar
Alvos novelos de lã, nuvens
Aquelas que teus olhos beijam
Assentes em aguarela azul        

Sinto nas mãos as algas
Alfombras de teus pés
No lilás que teima em florir
Na moldura da minha janela

O campo ondula no pico do meio-dia
Miríades de ondas em alto-mar
Nesta nau sem âncora ou lastro
Vogam, os pedacinhos de ti

Imito Neruda quando diz…
"Amo-te quando te amo, e quando 
não te amo, amo-te mais ainda…"



Maria de Jesus