Google+ Followers

quarta-feira, 16 de março de 2016

Ao grande Camilo Castelo Branco, a nossa homenagem


Camilo Castelo Branco - 16 Março 1825 // 1 Junho 1890

Resultado de imagem para camilo castelo



“Ninguém sente em si o peso do amor que se inspira e não comparte. Nas máximas aflições, nas derradeiras do coração e da vida, é grato sentir-se amado quem já não pode achar no amor diversão das penas, nem soldar o último fio que se está partindo. Orgulho ou insaciabilidade do coração humano, seja o que for, no amor que nos dão é que nós graduamos o que valemos em nossa consciência..”


Camilo Castelo Branco

domingo, 13 de março de 2016

POESIA, na MANHÃ de POESIA de hoje e ... todos os dias







POESIA

Mulher … , sabias
Que a cura da alma,
Através da Psiquiatria
Pode ser Poesia ?
Sabias, que
A cura da alma,
Através de um Curador/a
Pode ser transmutadora?
Sabias que Jesus,
Na cruz,
Ao ver sua Mãe sofrer
Fez e disse Poesia … ?
Um poema são palavras
Que brotam, instantaneamente,
Da alma calma ou ferida.

Ora pensa um pouco, mulher...
Tu dás vida...
Tu transmites energia...
Tu doas-te em Amor,
Tudo sentido e vivido
No teu interior,
Que exala o exótico
Perfume de uma flor...
Então, ouve A Voz da Sabedoria.
Tens Alma de Mulher,
TU ÉS POESIA.


Maria Alice Branco

Chuva Peregrina





Chuva peregrina

Regas os sulcos da madrugada
Ritmadas gotas de cristal
Manta de orvalho prateada
Aconchego do sono perdido
Voz de mansidão e fantasia
Teces hinos fecundos
Caules que florescem
No solo que germina
Sol, Lua, manto estelar
Saudade de um olhar
Véu de chuva fina que adoça o caminhar
Sinfonia do ser, gratidão, alegria
Amada chuva...peregrina...


A.




terça-feira, 8 de março de 2016

Poesia é...


A Mulher Inspiradora - Tagore




A Mulher Inspiradora

Mulher, não és só obra de Deus;
os homens vão-te criando eternamente
com a formosura dos seus corações,
e os seus anseios
vestiram de glória a tua juventude.

Por ti o poeta vai tecendo
a sua imaginária tela de oiro:
o pintor dá às tuas formas,
dia após dia,
nova imortalidade.

Para te adornar, para te vestir,
para tornar-te mais preciosa,
o mar traz as suas pérolas,
a terra o seu oiro,
sua flor os jardins do Verão.

Mulher, és meio mulher,
meio sonho.

Rabindranath Tagore, in "O Coração da Primavera"