Google+ Followers

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

António Pina - Parabéns Poeta






Manuel António Pina
18 de Novembro 1943 // 19 Outubro 2012







Eu não procuro nada em ti,
nem a mim próprio, é algo em ti
que procura algo em ti
no labirinto dos meus pensamentos.

Eu estou entre ti e ti,
a minha vida, os meus sentidos
(principalmente os meus sentidos)
toldam de sombras o teu rosto.

O meu rosto não reflecte a tua imagem
o meu silêncio não te deixa falar,
o meu corpo não deixa que se juntem
as partes dispersas de ti em mim.

Eu sou talvez
aquele que procuras,
e as minhas dúvidas a tua voz
chamando do fundo do meu coração. 



Manuel António Pina, in “O Caminho de Casa” 





segunda-feira, 16 de novembro de 2015

JOSÉ SARAMAGO - Parabéns Poeta






Um dos homens mais lúcidos do nosso tempo

Resultado de imagem para josé saramago

José Saramago
16 Novembro 1922 // 18 de Junho 2010


Não me peçam razões, que não as tenho, 
Ou darei quantas queiram: bem sabemos 
Que razões são palavras, todas nascem 
Da mansa hipocrisia que aprendemos. 

Não me peçam razões por que se entenda 
A força de maré que me enche o peito, 
Este estar mal no mundo e nesta lei: 
Não fiz a lei e o mundo não aceito. 




José Saramago



sábado, 14 de novembro de 2015

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

A Música do Coração

                                                                  

A Música do Coração


Tem vida tem cor
Tem emoção e amor
Tem força tem fantasia
Não tem asas…mas sabe voar

Não é sonho nem é pássaro
Mas em rítmico embalar
Pelas estepes do Céu
Permite-nos viajar

Vibra em tudo o que é vida
Nas profundezas do mar
Na pedra, planta, flor
Na criança por nascer

É a música do coração
Que dá impulso a cada dia
Gratidão, generosidade
São seu timbre e melodia



A.