Google+ Followers

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Gratidão é...

Amigos:


 Entre a dádiva que é cada um dos dias destes tempos de mudança, este dia tornou-se muito especial e já baptizado como o dia da “ Gratidão é ”

De uma troca de palavras surgiu a partilha de poesia, alargada a quem quis, ou ainda quiser participar deste jogo de encantar.

Acredito que a poesia que emitimos no sentir, e expressa pela palavra, leva fluídos de bem-querer a todas as dimensões, mais ainda quando a tornamos, como é o caso, em preces de gratidão e alegria.

Todos sabemos que a gratidão é o reagente que nos enobrece é o “Abre-te Sésamo” dos campos da abundância e harmonia do Universo.

Meus queridos, quão fácil é partilhar sentires pela fasquia mais elevada da amplitude da Alma quando singela...porque poesia não se faz por encomenda, é a voz do Céu que ecoa...e tu amigo, amiga, vem, junta-te a nós...

Muito grata - Bem - Hajam


Adelina - 26  de Janeiro de 2012


Seguem poemas que até à data nos foram enviados


Grato - Ricardo Monteiro







Grato


Pelo trato


e pelo acto

pelo presença do rio

que tudo envolve

com que tudo crio

e que sem fim devolve


Grato ao vazio criador

tudo permites

pela luz que emites

materializar sem dor


pois tudo que existe

em ti imerso

nada persiste

sem o teu verso


Grato também pela atenção

Daquilo que aqui percepciona

estas palavras com o coração

entendendo que aqui se posiciona

uma louvada oração


não é para um objecto

nem nada de secreto

é apenas uma acção

de mera gratidão




Ricardo Monteiro
 
 

Sem saber o que sentia…acordei

Abri meus olhos, fixei a luz e sorri…

Uma luz amarela raiada de mil e uma cores

Dizia-me bom dia…


Era um Ponto de Luz

Que procurava o caminho certo…

Procurava sair da encruzilhada

E encontrar a autoestrada da vida…

Era a Luz das mil e uma cores

Que me conduzia à cor amarela.


Era o amarelo do nascimento

Porque o vermelho é dor…

Era o amarelo da amizade

porque o azul confunde…

era o amarelo do amor

porque  o verde já foi a esperança…


Era o verdadeiro amarelo da luz…

 Tão bom estar dentro desse ponto de luz…

Ver todos os amarelos, ver a verdadeira luz do meu caminho…

Rosa Familiar

Grata . Anabela Queirós


Grata,

pelo acordar com a aurora a despontar
e as cores do céu do lilás ao rosa
passando ao dourado até o sol  raiar...

Grata,

pela energia contagiante dos meus filhos,
pelo trabalho, por todos os que se cruzam no meu caminho,
pelos sorrisos, pelas lágrimas, pelos abraços...

Grata,

pelo luar, pelo silêncio da noite e por mais este dia,
Grata ao UNIVERSO.


Anabela Queirós

Grato - Manuel Araújo


Grato

Pelo sentir, pelo estar,

Pelo que tenho…

… e poder partilhar.


Sou,

Simplesmente,

Grato


Manuel Araújo

Grata - Maria Elisa Flora


Grata

Também, Senhor, pelos Amigos

Que cruzam o meu Caminho!

E os Amigos dos Amigos,

Que chegam ao meu cantinho!

Com o Teu Manto os cubras,

Com o Teu Braço os ampares

E que nesta caminhada,

Esta Estrada abençoada

A que nós chamamos VIDA,

Sempre CONTIGO contemos.

As "serras" serão planícies,

As "alterosas ondas" regos de água serão

Regados por Tua Energia

Que alimenta o nosso coração.

Maria Elisa Flora



Grata - Sílvia Santos


Grata

Pelo carinhos dos animais
pelo cantar dos pardais
pelo calor do sol
que aquece as minhas tardes de inverno

Pelo silêncio, paz e o amor
que me chega por ti
através de coisas tão pequenas

Sílvia Santos

Grata - Nani ( Fernanda Loureiro)







 GRATA

Por estas duas Estrelas
Vindas do Firmamento
Que tantos Ensinamentos
Me têm dado no Caminho
Que fazem meu Coração
Transbordar de Vida e Carinho.

Um abraço de LUZ

Nani

 


 

Grata - Maria Alice Branco


O dia já despertou
Lá no cimo da Montanha
O Sol já irradiou
Luz de grandeza tamanha.

Ao Nascer da LUA NOVA
Um Sussurro de Amor me tocou
Quem sabe se foi MARIA
E ELA assim me falou:

Ao abraçar o teu ser
Te direi muito contente
Hoje haverá Projetos Novos
Para Tudo e p´ra Toda a Gente.

Vai à praia, ao entardecer
Porque o SOL vai beijar a areia
E verás antecipado
O Luar da LUA CHEIA.

E à noite, à Luz das Estrelas
Sentirás o que esperas
Dançarás a Bio Dança
Ao som  da MÚSICA DAS ESFERAS.

E com a madrugada a chegar
E o Véu a ficar mais fino...
Terás Dança Circular
Aos acordes de um Mágico Violino.

Envolvida num Tecido
Transparente - Virtude Minha e tua
Radiante e luminoso
Como o Branco Luar da LUA.

A TERRA, o MAR e o SOL
Os três serão TEU FAROL
A LUA e EU MÃE MARIA
Damos PAZ e HARMONIA

E eu fiquei muito enleada
Ao ouvir a sua VOZ
E disse: Óh, Minha Amada
Olha bem por TODOS NÓS.

Grata, a MÃE MARIA, pela mensagem

Alice Branco