Google+ Followers

quinta-feira, 30 de junho de 2016




COIMBRA

Vejo-te Coimbra
Cidade minha
Num caleidoscópio de estrelas
Alheia à breve notícia
E aos corações de pedra.
Estudei em ti o amor
Do teu lábio feito rio
A leve arquitectura das palavras
Ergo de ti séculos inteiros
Prateados de saudade
E que as gotas de orvalho
E a doçura das rosas
Vão soletrando, em ti
O nosso fado!

Anabela Coelho