Google+ Followers

quarta-feira, 28 de outubro de 2015






Estrela da Manhã




Luzeiro da noite, viajante dos céus
Guardiã dos sonhos de sombra ausente
Lar ancestral dos primevos redentores
Luz esculpida na matriz de Deus
De cada aurora és sempre a primeira
Musa incandescente de poetas e trovadores
Em teu colo adormecidos, e sempre renascidos


A.