Google+ Followers

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Ainda na vibração do Mar...


Sophia de Mello Breyner dizia que metade da sua alma era maresia…
Eu penso que maresia é a musa que entra nos nossos sentidos e aí se aloja para sempre.


Mare_sia

É urgente imitar o mar
Que sem noção de mal
Derruba os muros que cerceiem a sua liberdade

Ser vaga alterosa
Que remove as crostas do silêncio, do conformismo
Resgatar, o irremediavelmente perdido

Mar é o invicto cavaleiro do tempo
Purificador, celeiro fecundo
Nunca conquistado ou a ferro marcado

O mar não é algoz ou tirano
De Homero a Camões
É a esteira da história
Onde o homem se descobriu

É urgente

Ser Mare no feminino
Ternura, quebranto…e braveza
Que não é fúria nem é pranto
Mas a doce cadência com que embala
As almas que em si adormeceram


Maria Adelina



7 Outubro 2015