Google+ Followers

domingo, 12 de abril de 2015

Resultado de imagem para sol


O dia em que o Sol veio escutar poesia

Na casa secular onde as paredes dão flor
Veio de visita e assim como quem não quer
Deslizou pelas janelas e entrou manso e quedo
Atapetou o chão com passadeira de suave rubor
Afinal era a sua vez primeira de entre rimas e trovas
Sentir ele próprio o que há séculos faz sem saber…Renascer
A sala tingiu-se de um branco alvar para o receber
Como em dia de vindima chegaram as cestas fartas
Onde saltitavam palavras ora tímidas ora emocionadas
Que se transformaram em pérolas transparentes
Disfarçadas, na magna consciência a que chamamos, Sol


A.

12 de Abril 2015