Google+ Followers

domingo, 6 de dezembro de 2015



Acerca a tua mão da minha...
Não me adorem, caminhem a meu lado…
Altar?..... Apenas me recolho ao vosso coração
Sentirei o vosso amor, nos olhos, onde os vossos se espelhem
Dor? Porque teimais em manter-me preso a ela, se dela vos libertei!
Da cruz renasci, em templos nunca me vi não sou gesso ou tela pintada!

Sou a Água da Vida que corre em ti
Sou o brilho do teu olhar quando sorris
Sou o arco da tua mão quando dás
Sou o calor do teu gesto de amor

Eu Sou, sempre em Ti – Não te esqueças Tu de Mim

Yeshua



do livro: Hieróglifos do Cosmos